Vitamina C na nutrição

Vitamina C na nutrição

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico (ascorbato, quando se encontra na forma ionizada – no procedimento de hidroxilação), é indispensável para o corpo humano. É uma vitamina anti-escorbútica, combatendo inflamações na língua, nas gengivas e dores nas articulações. Desde os tempos do Egito antigo o escorbuto (avitaminose de vitamina C) já era conhecido, […]

Artigo escrito por Estética Brasil

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico (ascorbato, quando se encontra na forma ionizada – no procedimento de hidroxilação), é indispensável para o corpo humano. É uma vitamina anti-escorbútica, combatendo inflamações na língua, nas gengivas e dores nas articulações.

Desde os tempos do Egito antigo o escorbuto (avitaminose de vitamina C) já era conhecido, mas só mais tarde, no ano de 1747, através das experiências de um cirurgião escocês chamado James Lind, é que se tomou conhecimento de que a vitamina C combatia-o. Na Inglaterra, o conhecimento de que frutas como limão e laranja combatiam a doença só chegou 30 anos mais tarde, salvando a vida de milhares de marinheiros.

Além disso, a vitamina C contribui para a formação de dentes e ossos, combate infecções, gripes e fraquezas musculares, na absorção de ferro no organismo e auxilia no funcionamento adequado dos glóbulos brancos do sangue. Atua também no metabolismo e na síntese de colágeno (favorecendo tratamentos pós-queimaduras).

Sinais de deficiência:

  • anemia (por falta de vitamina C);
  • escorbuto: hemorragias, inflamação nas gengivas e queda dos dentes;
  • dores musculares e nas articulações;
  • taquicardia;

Sinais de excesso:

  • indigestão;
  • diarréia;
  • pedra nos rins (em estudo);
  • inibição da produção de progesterona (alterando o ciclo menstrual);
  • aborto espontâneo (em estudo);

Necessidade diária:

  • Lactantes: 45 mg/dia;
  • Crianças: 20mg/dia;
  • Adultos: 90mg/dia (para homens) e 75mg/dia (para mulheres);
  • Idosos: 90mg/dia (para homens) e 75mg/dia (para mulheres);

Principais fontes alimentares:

  • Gubinge: planta com a maior concentração de vitamina C do mundo – 100 vezes mais que a laranja;
  • Camu-camu: planta que possui 30 vezes mais vitamina C que a laranja;
  • Acerola: 1600mg/100g;
  • Morango, limão, laranja, brócolis, etc;
1 Comentário para 'Vitamina C na nutrição':
  1. ALEX!A disse:

    Olá!
    Super bacana esse espaço!
    Adorei a união de tantas dicas diferentes e úteis!
    Ótima semana!
    Abraços!

    Responder

Deixe seu comentário

*