Uma parada no assunto

Esta semana eu havia programado falar de um tema bastante light, mas que interessa, e muito, a nós, mulheres. Falaria sobre o surgimento de novos cosméticos no mercado, que eu tive o privilégio de experimentar. Mas fato é que estou demasiadamente chateada. Triste mesmo. Acredito que o Brasil inteiro esteja. Ou pelo menos deveria. Morreu […]

Artigo escrito por Bruna De Leo

Esta semana eu havia programado falar de um tema bastante light, mas que interessa, e muito, a nós, mulheres.

Falaria sobre o surgimento de novos cosméticos no mercado, que eu tive o privilégio de experimentar.

Mas fato é que estou demasiadamente chateada. Triste mesmo.

Acredito que o Brasil inteiro esteja. Ou pelo menos deveria.

Morreu Isabella Nardoni.

Se eu a conhecia, deve ser a pergunta que ronda a cabeça de muitos.

Pois não, eu não a conhecia.

Teria adorado, inclusive.

Parecia-me uma criança feliz, com vontade de aprender. Uma fofa.

Devia fazer birra ás vezes. Mas e daí?

Uma criança, simplesmente.

O que me fez mudar radicalmente de assunto?

O choque, senhores.

Eu ainda me choco.

A maldade humana, o descaso de nossos governantes, impunidade, o distanciamento de Deus, tudo isto, na minha opinião, contribui para o país que somos.

Acredito piamente que muitos de vocês também estão chocados.

Poderia ser filha de um conhecido, nossa prima, vizinha… Ou não poderia?

Não sabemos quem a matou, por quê razão (se é que existe uma razão plausível pra um ato tão cruel), e nem qual será a pena estipulada para o monstro em questão.

Mas sabemos que, enquanto houver revolta e choque, tristeza e clemência por justiça, da nossa parte, cidadão comuns, que nadam tinham a ver com o crime em questão ( afinal somos meros espectadores), teremos alguma chance, mesmo que remota, de transformamos este país.
Portanto caros, não podemos desistir.

Temos que cobrar atitudes daqueles que têm o poder nas mãos.

Porque, para tamanha sujeira, maldade, indecência e falta de princípios, não há rímel, nem botox que dê jeito.

Oh Glória.

OBS: Ainda sem fumar!!!! Engordei, para quem interessar possa, 1 kg.
Não atribuo o mesmo ao cigarro, mas sim à orgia gastronômica a que fui submetida esta semana. Muitas festas…

Colunista - Bruna de Leopor Bruna De Leo
Graduada em Ciências Econômicas pela FAAP
Colunista do Portal Estética Brasil
Entrar em contato

Nenhum comentário ainda.

Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

*