Sugestões ergonômicas para sua casa

sugestoes-ergonomicas-para-sua-casa-terceira-idade

Com o passar dos anos, nosso organismo vai se fragilizando e nosso equilíbrio passa a diminuir. A percepção do ambiente doméstico pode ficar alterada, seja por remédios que afetam a consciência ou alguns distúrbios neurológicos. Nossa casa, antes um ambiente tranquilo, pode se tornar um palco de de quedas e acidentes. Quedas leves, como da […]

Artigo escrito por Estética Brasil

Com o passar dos anos, nosso organismo vai se fragilizando e nosso equilíbrio passa a diminuir. A percepção do ambiente doméstico pode ficar alterada, seja por remédios que afetam a consciência ou alguns distúrbios neurológicos.

Nossa casa, antes um ambiente tranquilo, pode se tornar um palco de de quedas e acidentes. Quedas leves, como da “própria altura”, podem gerar lesões graves como a fratura do fêmur, que levam a incapacidade e até mesmo ao óbito.

Colocamos algumas dicas para que você fique mais familiarizada com o ambiente doméstico e passe a ter maior segurança e capacidade de se desviar desses acidentes.

  1. Tapetes podem funcionar como armadilhas, coloque-os somente em locais necessários e que eles sejam anti-derrapantes, aderindo-se ao chão para evitar escorregões;
  2. Utilize corrimões em ambientes com alteração de altura, como escadas, rampas, dentre outros;
  3. Procure sempre deixar os ambientes bem iluminados, para que você possa enxergar tudo com clareza;
  4. Procure ter telefones sem-fio em casa, para uma maior mobilidade, evitando assim o deslocamento excessivo em velocidade;
  5. Opte por pisos não-escorregadios, ou se preferir, improvise estruturas anti-derrapantes aderidas a ele, como por exemplo: lixas;
  6. Prefira varais com sistema de polias preso com ganchos no teto, evitando a utilização excessiva da articulação do ombro, alvo de muitas reclamações relacionadas a dor na terceira idade;

O importante é viver bem e com saúde!

Nenhum comentário ainda.

Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

*