Hidratação é indispensável para manter o viço da pele

Hidratação é indispensável para manter o viço da pele

O excesso de exposição ao sol, neste período de verão, provoca não apenas o já alardeado câncer de pele, mas em situações menos graves pode levar a um ressecamento tão acentuado da pele, que lembra abacaxi ou maracujá velho – ou seja – a pele fica com aspecto de solo seco, rachada e toda repuxada. […]

Artigo escrito por Leonor Alves

Hidratação é indispensável para manter o viço da pele

O excesso de exposição ao sol, neste período de verão, provoca não apenas o já alardeado câncer de pele, mas em situações menos graves pode levar a um ressecamento tão acentuado da pele, que lembra abacaxi ou maracujá velho – ou seja – a pele fica com aspecto de solo seco, rachada e toda repuxada. E em nada lembram as uvas ou os pêssegos tão atraentes e saborosos. Isto, claro, desde que não receba a hidratação adequada.

Daí a importância de levar a sério as recomendações de profissionais de saúde para atender as necessidades da pele em todo o tempo, e em especial no verão, quando nem sempre se repõem os sais minerais, a água e vitaminas perdidas do organismo. O dermatologista João Roberto Antonio, do Centro da Pele de Rio Preto e professor da Faculdade de Medicina, explica por que é importante que não apenas no verão, mas durante todo o ano, a pessoa realize uma boa hidratação da pele. O médico compara a pele com o couro. “O couro seco no sol racha, enquanto o couro gorduroso resiste. Nossa pele é nossa roupa e infelizmente não se pode comprar uma nova, pois temos de ficar com ela até a morte”, afirma.

Embora reconheça que a pele seca não tenha um significado unânime no meio científico, João Roberto diz que em certos casos, “seco” se opõe a “gorduroso” e, em outros casos, se opõe a “hidratado”. O médico observa ainda que esta ambigüidade semântica não simplifica a interpretação dos diferentes sintomas da pele seca, nem tampouco o tratamento é tão simples. Todavia, concorda que é comum constatar que as peles secas carecem ao mesmo tempo de água e de lípides (gorduras). Mas explica que há também uma categoria em particular de pele gordurosa dita desidratada. Para o dermatologista, a pele “seca” se caracteriza por uma perturbação de suas propriedades de barreira, por uma perda de elasticidade, alteração de suas propriedades biomecânicas e aumento concomitante de permeabilidade. Definitivamente, a pele seca não consegue reter a transpiração insensível e contínua da pele (perspiração) e nem se defender contra “a invasão” das moléculas ou de microorganismos agressivos que se encontram em sua superfície.

A assistente de saúde Cristine Holanda de Souza, 39 anos, relata que há anos tem sentido a pele ressecada. “Já recorri a todo tipo de medicação e à terapia espiritual, mas a pele está toda esquisita. Cremes? Usei os mais variados e não vi nada de muito diferente, agora estou fazendo um tratamento à base de plantas e parece que está dando resultado. Pelo menos está mais bonita”, diz. O dermatologista rio-pretense relata que antes de aplicar qualquer tratamento à pele, é preciso identificar exatamente qual o tipo dela. “Entre os diferentes exemplos de pele seca, encontram-se a actínica, ou seja, ressecada pela ação do sol, as peles senis, cujas produções sebáceas são insuficientes, as peles tornadas secas pelas atmosferas frias e de baixa umidade relativa do ar e as secas resultantes de ambientes climatizados (ar-condicionado)”, explica.

É preciso lembrar que no verão não apenas os corpos ficam em evidência e pedem alguns cuidados especiais, mas regiões sensíveis, como os lábios, também merecem atenção. Segundo a dermatologista Ana Lúcia Recio, de São Paulo, o uso do batom é fundamental para mantê-los hidratados e protegidos. “Mesmo em ambientes fechados, o batom deve ser retocado ao longo do dia”, declara. Ela mesma garante que mantém alguns batons bem claros em sua bolsa e entre as consultas procura sempre retocar. A médica cita um estudo feito por dermatologistas espanhóis em que a ação do batom sobre os lábios foi analisada em mulheres que nunca o usavam, e naquelas que já usavam cerca de duas vezes ao dia, e as que retocavam o batom, muitas vezes. O estudo concluiu que os lábios destas últimas eram os menos danificados. Quanto mais se retoca o batom, maior a proteção. Ela recomenda, inclusive, que antes de dormir sejam usados produtos que agreguem fotoprotetor e hidratantes à base de manteiga de karité, manteiga de cacau e vitamina E.

Os profissionais da pele garantem que ao evitar a desidratação cutânea e manter a hidratação adequada o aspecto juvenil da pele vai sendo prolongado. É bom lembrar que o sol e o vento desidratam com facilidade a pele. O vento, associado ao sol, engana, porque enquanto o sol queima a pele, ele deixa a impressão que não está causando prejuízo e isto leva a pessoa a se manter por mais tempo em exposição. Isso rompe a barreira de proteção, permitindo que os raios ultravioletas (um dos principais agressores da pele), tenham maior facilidade em penetrar profundamente, aumentando e facilitando a desidratação cutânea.

Cuidados

  • Quanto a um aspecto geral, a hidratação da pele é favorecida por algumas medidas do tipo: beber água em jejum pela manhã e durante o resto do dia, evitar banhos quentes e demorados e uso abusivo do sol, fazer uma dieta rica em frutas e verduras e hidratantes adequados diariamente, que devem ser aplicados durante os primeiros 2 minutos após um banho.
  • Na mulher, a elevada produção de estrogênios durante a ovulação estimula a multiplicação do ácido hialurônico, um agente hidratante presente na maioria dos cosméticos, que também é produzido pelo organismo. Ele ajuda a aumentar a retenção de água na derme. A pele pode ficar mais bonita.
  • O contrário também vale: a redução do estrogênio no climatério e menopausa favorece o envelhecimento mais rápido. Assim sendo, os produtos hidratantes devem ser indicados de acordo com o tipo de pele, a idade da pessoa, as condições orgânicas de saúde que ela apresenta, a área a ser tratada e outras condições, inclusive, os custos dos produtos a serem indicados, dadas as variações encontradas no mercado. Daí a necessidade de uma orientação dermatológica específica.

Medidas locais no tratamento

Segundo o dermatologista João Roberto Antonio, do Centro da Pele de Rio Preto, qualquer tratamento deve ter como objetivo básico a retenção de água pela pele, corrigindo o ressecamento. Portanto, devem ser evitados os banhos prolongados e quentes e o uso de sabões ou outros detergentes, que, por removerem o manto lipídico (camada de gordura protetora), tornam a pele mais seca. Os sabões ou detergentes de glicerina e outros componentes gordurosos, e os óleos de banho podem ser usados.

O médico conta que desde o início a cosmetologia favoreceu as emulsões A/O (água em óleo) para tratamento das peles secas, graças ao êxito obtido, cujo poder oclusivo é muito bom. Ele afirma que o melhor exemplo desse tipo de tratamento é a preferência que sempre envolveu, sobretudo, a vaselina ou a parafina líquida e as preparações delas derivadas e as mais atuais, que se apresentam com texturas cosméticas mais aceitáveis. É verdade que o poder oclusivo desses compostos tem um efeito muito nítido e muito eficaz sobre a perda de água.

Sendo a transpiração insensível (perspiração) e contínua da pele reduzida pela oclusão, a água se acumula na camada córnea (a mais superficial e visível da pele) e a reidrata, fazendo assim desaparecer os sinais e sintomas do ressecamento. Em seguida, o estudo aprofundado dos umectantes (que favorecem a umidade), hidratantes e emolientes (que têm a propriedade de amolecer e abrandar o ressecamento da pele) tem permitido selecionar moléculas químicas ou extratos biológicos capazes de melhorar a retenção de água na camada córnea.

O médico conclui que não apenas a camada córnea é hidratada, tendo em vista que no resto da pele a atividade da água é de importância total. “O acréscimo de elementos higroscópicos (que atraem e retêm água) a uma emulsão (preparação farmacêutica que tem por base uma substância gordurosa em suspensão sob a forma de finíssimas gotículas), permite hidratar a pele sem ter de recorrer a métodos mais drásticos. Beber muita água também é crucial para a saúde e hidratação do organismo, especialmente no calor, época em que as pessoas se lembram de praticar atividades físicas. Entretanto, não se deve confiar apenas na sede para lembrar da hidratação. A sede é um sinal tardio que o corpo emite quando já está desidratado”.

Segundo o fisiologista do exercício Turíbio Leite de Barros Neto, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) “para se preparar é preciso consumir líquidos antes, durante e depois da atividade física”. Ele diz que as bebidas esportivas foram cientificamente formuladas para repor os líquidos e sais minerais perdidos com a transpiração, além de fornecer energia para os músculos em movimento.

Para se hidratar corretamente neste verão, a dica é consumir a bebida esportiva pelo menos duas horas antes do exercício. A ingestão deve ser a cada 15 ou 20 minutos. Ao encerrar as atividades é indicado tomar uma quantidade diretamente proporcional aos quilos perdidos durante a atividade física.

Colunista - Leonor Alvespor Leonor Alves
Esteticista e Colunista do Portal Estética Brasil
Entrar em contato
também escreve pelo blog: www.sociedade-da-estetica.blogspot.com

7 Comentários para 'Hidratação é indispensável para manter o viço da pele':
  1. lenio figueira disse:

    como deve ser usado o hidratante de pele ?
    qual o intevalo de tempo de uma aplicação para outra?
    obrigado pela atenção
    um grande abraço.

    Responder

  2. aurineide alves disse:

    olha tenho minha pele muito envelhecida tenho 38 anos e sou morena mas minha pele esta bronzeando com muita facilidade
    que chego a ter vergonha pq ficam todomundo dizendo que estou muito queimada ,quase nao vou ao sol e so fico na frente da loja pois sou vendedora.o que faço pelo amor de deus! bjus aurineide

    Responder

    Estética Brasil Reply:

    Aurineide, primeiramente fique calma. Talvez sua pele não esteja sendo bem tratada, com um creme adequado, com uma hidratação correta. Procure um dermatologista, só ele poderá dizer, após sérias avaliações, qual será o melhor tratamento para sua pele.

    Responder

  3. dani disse:

    estou estudando tec esteticista e gostaria d q vc me informasse td sobre hidratacao se possivel?!

    Responder

  4. vivia disse:

    tenho 30 anos
    meu rosto ta com umas rugas sou morena clara
    tenho o rosto oleoso
    que tipo de saboneite eu posso lavar meu rosto pra tirar mas a oleosidade

    Responder

  5. vivia disse:

    tenho 30 anos
    meu rosto ta com umas rugas sou morena clara
    tenho o rosto oleoso
    que tipo de saboneite eu posso lavar meu rosto pra tirar mas a oleosidade do meu rosto quando eu acordo meu rosto ta muito oleoso
    obrigado

    Responder

  6. marcela disse:

    ola, minha pele esta sem viço, é oleosa, meus porors sao muito aberto, o que faço para hidratar meu rosto, parabens pelas materias estou amando. abraço a todos.

    Responder

  7. marcela disse:

    minha pele é oleosa, sem viço, e tenho os poros abertos. o que devo fazer?, parabens pelas materias.

    Responder

Deixe seu comentário

*